quarta-feira, 29 de julho de 2020

Estudante picado por cobra naja é preso no DF

 
Policiais civis do Distrito Federal prenderam temporariamente nesta quarta-feira (29) o estudante de veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, que foi
picado no começo de julho pela cobra naja que ele criava ilegalmente.

O mandado foi cumprido na residência do estudante, localizada na região administrativa de Guará.
A ação faz parte da quarta fase da Operação Snake, que investiga um esquema voltado à prática de crimes ambientais.
A ação contou com acompanhamento de um perito médico-legista da polícia civíl, que ficou responsável por checar a saúde de Lehmkul, que teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há poucos dias.
As investigações apontam que o estudante estaria envolvido em uma “associação criminosa responsável, entre outras condutas criminosas, pela destruição das provas relacionadas aos crimes ambientais apurados pela Autoridade Policial”.
*CNN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, não refletindo a opinião da equipe deste blog. Todos os comentários serão moderados pela direção deste blog, sendo que os mesmos deverão ser identificados para serem aceitos, seja qual for o seu teor.